• Admin

Toda quimioterapia é igual?

A quimioterapia é um dos instrumentos mais importantes na luta contra o câncer de mama (e outros tipos de câncer).⠀

O quimioterápico consiste em um medicamento que age no corpo inteiro e tem a capacidade de matar as células do câncer.


>> Por conta dessa atuação ampla e generalizada, pode ser usada na fase precoce da doença (antes ou depois da cirurgia) e também na fase avançada (quando o câncer da mama também acomete outros órgãos).⠀


>> Por outro lado, toda essa potência de tratamento também costuma gerar alguns sintomas colaterais, como queda de cabelo, fraqueza, náuseas, entre outros.

E como ela é feita? Pode ser usada na forma de um medicamento misturado ao “soro” e então injetado na veia do paciente, ou em forma de comprimidos. ⠀

>> Muitas vezes são utilizados mais de um tipo de quimioterápico para uma mesma quimioterapia. Isso é o que os médicos chamam de protocolo de tratamento. ⠀

O protocolo vai dizer a quantidade de quimioterápico que deve ser usado, como eles devem ser combinados e em que momento devem ser aplicados.⠀


A boa notícia é que esses protocolos são padronizados mundialmente e calculados conforme o peso e altura do paciente... ou seja: na maioria dos casos, seja no Brasil, na Europa ou em qualquer lugar do mundo, são utilizados os mesmos esquemas de quimioterapia para cada indicação específica!


>> Mas ATENÇÃO: o tratamento do câncer de mama é INDIVIDUALIZADO e cada paciente merece ter o seu caso analisado conforme as suas particularidades pessoais, sociais, familiares, etc.





Gostou desse texto? Curta, compartilhe ou deixe o seu comentário, ele será muito bem vindo!


Abraços,


Dr Leonardo







10 visualizações

Entre em contato!

Caso tenha qualquer dúvida, crítica e/ou sugestão, entre em contato comigo:

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social