Entre em contato!

Caso tenha qualquer dúvida, crítica e/ou sugestão, entre em contato comigo:

Dr Leonardo Ribeiro Soares

Instituto de Mastologia e Oncologia (IMO)

Alameda das Rosas, nº 533, Setor Oeste

CEP: 74.110-060, Goiânia - GO

(Referência: em frente ao Zoológico de Goiânia)

Tel.: (62) 3224-2121

  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
Buscar
  • Leonardo Ribeiro Soares

Cuidados com a boca durante a quimioterapia


Por que os cuidados com a cavidade oral (boca) são tão importantes durante a quimioterapia?

1) A maioria dos quimioterápicos causa algum grau de redução da imunidade, o que pode aumentar o risco de infecções na cavidade oral.

Importante: dependendo do nível de redução da imunidade e da intensidade da infecção, podem ocorrer quadros graves de infecção com origem primária na boca!

2) A quimioterapia pode ocasionar efeitos secundários na mucosa da boca, que se apresentam clinicamente como aftas, mucosite, alterações do paladar, entre outras possibilidades.

Atenção: Essas alterações podem causar DOR e, consequentemente, prejudicar a alimentação do paciente, limitar a escovação dos dentes, predispor à infecções, etc.

RECOMENDAÇÕES:

A realização da higiene oral com escova dental de cerdas macias, creme dental com flúor e uso do fio dental após todas as refeições é um método eficiente para manter os micro-organismos da cavidade oral em equilíbrio, prevenindo infecções locais e sistêmicas.

Na evidência de aftas e/ou mucosite oral, a higiene oral precisa ser intensificada e deve-se optar por escova dental extramacia e creme dental sem abrasivos.

>>> Ainda, deve-se avaliar a possibilidade de terapia com laser e seguimento com profissional odontólogo com experiência em pacientes oncológicos.

Em casos de procedimentos odontológicos inevitáveis e/ou considerados prioritários, o médico e o odontólogo devem discutir sobre o melhor momento para realiza-lo!

RESUMINDO...

Durante o tratamento com quimioterapia, o paciente deve ficar atento às alterações que venham a ocorrer na cavidade oral, como dor, ardência, alteração na cor, redução do fluxo salivar.

Além disso, ele deve comunicar ao seu médico ou ao seu dentista tais ocorrências, a fim de que sejam tomadas as providências necessárias.

Fonte [parcial]: Instituto COI - http://institutocoi.org/2018/10/24/por-que-os-cuidados-com-a-boca-sao-importantes-durante-o-tratamento-com-quimioterapia/

#quimioterapia #boca #dentes #cáries

4 visualizações